A nutricionista Ruth Lemos, enfim, fala com a imprensa

Bruno Parodi Vídeos 6 Comments

Compartilhe:

Enfim, depois de alguns dias evitando a imprensa, Ruth fala (fala mesmo!) com o jornal O Globo. Para ouvir a entrevista na íntegra (6 minutos), clique aqui. Abaixo segue a versão texto, extraida em http://oglobo.globo.com/online/cultura/167378814.asp.

Ruth Lemos, a nutricionista que virou mania na internet
Cilene Guedes – do Globo Online

RIO – Num programa de TV ao vivo, uma entrevistada nervosa é acometida por uma gagueira que estranhamente duplica uma ou duas sílabas finais de cada expressão. A entrevista prossegue, claramente transformada em tortura. Entre uma e outra pergunta, a entrevistada sorri envergonhada, como que a pedir desculpas. Terminada a estranha conversa, ela sente o alívio. Duraria pouco. A mulher virou mania nacional – pelo menos para quem tem acesso à internet.

Argumento de crônica surrealista? Nada. E poderia ter sido apenas um deslize na programação de um telejornal regional – foi assim que a coisa nasceu. Mas tornou-se infinitamente mais. Com a internet a fermentar tudo, mensagens com o vídeo de humor involuntário disseminaram-se pelo país como gremlins. Sites foram criados para lembrar, reinterpretar e alardear o episódio. Dezenas de comunidades virtuais hoje cultuam a história e, em semanas, uma palavra truncada tornou-se senha para gargalhadas em escolas e escritórios: sanduíche-iche.

Se Ruth Lemos fosse um vírus, o dano às redes de computadores do país seria incalculável…

Por sorte, Ruth Lemos é gente. Pernambucana, nutricionista, 25 anos de profissão. Já trabalhou em universidades e hoje é vice-presidente do Conselho Regional de Nutrição da 6ª Região. É gentil no trato e – o que pode demolir crenças já profundamente arraigadas – não gagueja. Nem vacila. A nutricionista mostrou isso numa conversa por telefone ao GLOBO ONLINE, na qual comentou como se sentiu ao ver-se transformada em mania na intenet.

– Não entendi. Acho que as pessoas têm uma necessidade muito grande do riso – diz Ruth, que disse ter sido vítima do ponto no ouvido, com o qual nunca dera entrevista ao vivo antes. – Riem até de uma queda que uma pessoa leva. Mas não é nada agradável ver a sua figura sendo usada de forma indevida.

Como não riu junto, Ruth anda falando com advogados para tentar frear a mania. Somente pela ferramenta Orkut, até esta quarta-feira, já haviam sido criadas 48 comunidades em torno dela, entre as quais: “Fãs da Gaguinha Ruth Lemos”, “Eu Tenho Dó de Ruth Lemos”, “Ruth Lemos Mudou Minha Vida” e “Ruth Lemos é Qualidade de Vida”. Charges eletrônicas também se tornaram populares e um site dedicado ao episódio (www.sanduiche.cjb.net) recebeu inacreditáveis 175 mil visitantes. O áudio da entrevista, dada à TV Globo de Recife, é matéria-prima de incontáveis funks e remixes, que fazem a gagueira parecer obra de um DJ nervoso. Na TV e no rádio, Ruth Lemos virou tema predileto do programa de humor “Pânico”.

O lado bom da história: com a popularidade que o episódio ganhou entre crianças e adolescentes, muitas estão absorvendo, na brincadeira, o assunto que, afinal, motivou a entrevista: até um sanduíche-íche (desculpem, foi inevitável…) pode ser nutritivo, contanto que se saiba escolher os ingredientes.


Compartilhe:

Comments 6

  1. Pingback: student loans

  2. Pingback: free ringtone verizon

  3. Pingback: forex trading

  4. Pingback: Yo no soy yo! Os ecos da consciência | 100nexos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.