Meu querido CrackBerry

bb_125.jpgDesde julho do ano passado utilizo um incrível BlackBerry Nextel, modelo 7520. No início fiquei feliz, apesar de suas dimensões demasiadamente grandes. Ok, ele tinha uma largura bem maior do que o 8700g, além de uma tela sem muita nitidez e com uma definição que deixava a desejar. Mas, vamos lá, agora usaria telefone, rádio e vários aplicativos online ao mesmo tempo. Na época o iPhone ainda não tinha pintado em terras tupiniquins e o velho BlackBerry era o grande senhor da conectividade portátil.

Mas eis que situações no mínimo estranhas acometem este aparelho que, na teoria é uma belezura, mas costuma ter um comportamento curioso. Isto pelo simples fato de que se alguém quiser te passar um rádio enquanto você estiver usando o seu GTalk (que já vem no bicho) ou qualquer outro aplicativo do aparelho não terá sucesso. Receberá a singela mensagem “usuário ocupado em dados”. Ora, mas qual a razão de um handheld desse se você só puder usar os aplicativos online ou o rádio? Seria mais razoável ter um aparelhinho menor acoplado só para o rádio, pois o que acontece beira o patético.

Fica aqui o registro do meu desapontamento em relação ao meu querido CrackBerry, esse maravilhoso tijolo que fala e faz falar (às vezes).

Comments 2

  1. Parodi,
    eu jah tinha o iPhone em Julho, claro que ele ainda nao funcionava como telefone, mas jah era um otimo devicede internet movel 🙂

    Em meados de agosto saiu o unlock e estou com o iPhone ate agora.

    Abs
    Toninho

  2. Pingback: Se dirigir, não se conecte | Bruno Parodi.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *